Ônibus turístico em Madrid, vale à pena?

O ônibus turístico de Madrid, o Madrid City Tour é uma maneira cômoda e prática de percorrer a capital. Os ônibus, com 2 andares e teto descoberto, fazem diferentes rotas com paradas nos principais pontos turísticos.

 

Rotas e paradas

O ônibus turístico de Madrid faz várias rotas diferentes:

  • Rota 1 (Linha azul; Madrid histórico): Tem uma duração de 80 minutos e percorre os principais pontos turísticos do centro histórico, incluindo a Porta de Alcalá, a Gran Vía, a Plaza Mayor, o Museu do Prado, a Fonte de Cibeles, o Templo de Debod, o Palácio Real e a Catedral da Almudena.
  • Rota 2 (Linha verde; Madrid moderno): Tem uma duração de 65 minutos e chega até as Quatro Torres, fazendo paradas em lugares como o Santiago Bernabéu, Praça Colón, Serrano ou a Praça das Cortes.
  • Rota noturna (disponível apenas de 16 de junho a 15 de setembro): realiza o mesmo percurso da rota 1, mas sem paradas. Desta forma, você poderá contemplar a iluminaçãodo Triângulo da Arte e Palácio Real, passando pela Plaza de Cibeles e Porta de Toledo.

Como funciona?

A passagem tem uma validade de um ou dois dias consecutivos em função da modalidade que você adquirir. Independente da hora em que você utilizar pela primeira vez, a passagem será válida até que termine o primeiro ou segundo dia.

Durante este tempo, você poderá subir e descer dos ônibus quantas vezes quiser.

Importante

Embora ao fazer a reserva, se peça uma data de início, você poderá utilizar o serviço durante os 15 dias seguintes à data indicada. 

Ao fazer a reserva, enviaremos por email um voucher que você terá que entregar no primeiro ônibus que subir.

Se você faz parte de um grupo de mais de 10 pessoas, deverá trocar o voucher na parada do ônibus turístico do Museo do Prado (Calle de Felipe IV, s/n, 28014 Madrid), no mesmo dia da atividade. Uma pessoa pode fazer a troca pelo grupo. 

Horários e frequência

  • Março a outubro: todos os dias, das 9:00 às 22:00 horas.
  • Novembro a fevereiro: todos os dias, das 10:00 às 18:00 horas. No dia 5 de janeiro o serviço acaba às 16:00 horas.
  • Horários da rota noturna (disponível apenas de 16 de junho a 15 de setembro): a rota começa às 22:00 horas e termina à meia-noite.

A frequência dos ônibus é de 30 minutos.

Fechamentos temporários

A parada da Porta do Sol da rota 1 está fechada temporariamente.

Por outro lado, na rota 1 (cor azul, a histórica), não faremos paradas nos seguintes pontos devido às obras de remodelação da região: San Francisco El Grande (parada 14), Catedral de la Almudena (15), Plaza Mayor (16), Puerta del Sol (17), Círculo de Bellas Artes (18) e Museu Thyssen (19).

Leve em conta que o itinerário habitual pode ser alterado por eventos ou outros acontecimentos em Madrid (eventos culturais, esportivos, atos oficinais, obras, etc.).

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis no país. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

 

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Reserve agora mesmo algumas das atrações disponíveis...

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

Dicas de atrações imperdíveis em Toulouse, na França.

Toulouse é uma cidade vibrante e encantadora no sul da França, conhecida como a “Cidade Rosa” devido ao uso generalizado de tijolos rosados em sua arquitetura. A cidade é rica em história e cultura, oferecendo uma ampla variedade de atrações turísticas para visitantes.

Aqui estão algumas das principais atrações turísticas de Toulouse:

  1. Basílica de Saint-Sernin: Esta é a igreja mais antiga de Toulouse, datada do século 11, e é considerada uma das mais importantes basilicas romanas da França. A igreja é famosa por sua arquitetura românica e pelo seu tesouro, que inclui relíquias sagradas e objetos de arte.

  2. Capela dos Jacobinos: Este é um dos melhores exemplos de arquitetura gótica na França, com seus belos vitrais e colunas elegantes. A capela é famosa por ser o local de sepultamento de vários membros da família real francesa.

  3. Place du Capitole: Esta é a praça principal de Toulouse, cercada por edifícios históricos e com um bonito jardim no centro. A praça é o lugar ideal para relaxar e apreciar a vida da cidade.

  4. Museu de Toulouse: Este museu abriga uma vasta coleção de arte, incluindo obras de arte européias, egípcias e orientais. O museu também possui uma seção dedicada à história da cidade de Toulouse.

  5. Jardins Botânicos de Toulouse: Estes jardins são o lugar perfeito para relaxar e apreciar a natureza, com suas belas flores e plantas exóticas. O jardim é uma das atrações mais populares da cidade.

  6. Canal du Midi: Este canal é uma das mais antigas e mais importantes vias navegáveis ​​da França, que liga Toulouse ao mar Mediterrâneo. Os passeios de barco no canal são uma maneira incrível de apreciar a paisagem e as vistas da cidade.

  7. Catedral de Notre-Dame de la Daurade: Esta catedral é uma das mais importantes de Toulouse, com sua bela arquitetura gótica e seus muitos tesouros, incluindo um famoso órgão barroco.

Essas são apenas algumas das muitas atrações turísticas que Toulouse tem a oferecer. Com sua rica história e cultura

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis no país. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

 

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Reserve agora mesmo algumas das atrações disponíveis...

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

7 passeios imperdíveis em Londres, na Inglaterra! O que fazer em 1 ou 2 dias

Estivemos em Londres e ficamos encantados com essa cidade super cosmopolita da Inglaterra. Abaixo algumas dicas para aqueles que planejam uma visita à terra da rainha!

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis na Inglaterra. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

Londres, uma cidade incrível!

Londres é uma das cidades mais emblemáticas do mundo, e existem muitas atrações que valem a pena visitar. Aqui estão algumas das mais populares: Abaixo listamos 7 opções de passeios imperdíveis…

1. Palácio de Buckingham: 

A residência oficial do monarca do Reino Unido, este palácio é um must-see para qualquer pessoa que visite Londres. Você pode assistir ao cerimonial de Troca de Guarda, que ocorre diariamente às 11h30.

2. Museu Britânico

Este museu é o lar de mais de 8 milhões de itens e é um dos maiores e mais completos museus do mundo. Alguns dos exhibits mais famosos incluem a Pedra Rosetta e os Frisos de Elgin.

3. Torre de Londres

Um castelo histórico e antigo palácio real, a Torre de Londres é um dos marcos mais famosos da cidade. Você pode ver as Joias da Coroa, aprender sobre a história do castelo e da monarquia e ver onde os prisioneiros já foram mantidos.

4. Big Ben e o Parlamento

Big Ben é o apelido para a grande campainha na torre de relógios do Parlamento. A torre de relógios é um dos prédios mais reconhecidos de Londres e se tornou um símbolo da cidade.

5. London Eye

Esta roda-gigante de 135 metros oferece vistas deslumbrantes da cidade. Você pode ver toda a cidade do topo da roda, incluindo marcos como o Palácio de Buckingham e a Torre de Londres.

6. A National Gallery

Este museu é o lar de uma das mais finas coleções de pinturas europeias do mundo. Algumas das pinturas mais famosas da coleção incluem obras de Leonardo da Vinci, Van Gogh e Michelangelo.

7. Catedral de St. Paul

Esta catedral emblemática é um dos edifícios mais famosos de Londres. Foi projetada por Sir Christopher Wren e faz parte do skyline da cidade há mais de 300 anos.

 

Estes são apenas alguns dos muitos pontos turísticos que você pode visitar em Londres. Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

Dicas imperdíveis para 2 dias em Atenas, na Grécia!

Se você planeja apenas 2 dias na capital grega preparamos um roteiro com as atrações imperdíveis para visitar Atenas.

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis no país. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

Este roteiro contempla o mais importante da cidade e pode ser percorrido em 48 horas.

Nossa idéia foi montar algo considerando que sua visita começará na sexta à tarde e terminará no domingo. Se a viagem for em outros dias da semana, recomendamos que você confirme antecipadamente os horários de funcionamento dos pontos turísticos.

Para que o roteiro possa ser utilizado durante todo o ano, sugerimos os horários mais restritos das atrações turísticas, pois que no inverno fecham muito antes que no verão.

Você também tem a opção de agendar o Free Tour (Tour Grátis), aqui.

Dia da chegada

Como normalmente no dia da chegada você precisa levar as malas no hotel, possivelmente sobrarão poucas horas de sol. Nesse contexto, sugerimos aproveitá-las para dar um passeio por Plaka e Monastiraki, as zonas mais badaladas de Atenas.

Tendo como ponto de partida a praça Monastiraki, você pode começar conhecendo duas ruas: Ermou, que leva até a Praça Sintagma, onde está o Parlamento Grego, e Adrianou, que está repleta de fantásticos restaurantes com vista para a Acrópole.

Se você tiver vontade de aproveitar a vida noturna da cidade, pode tomar algo por Thiseio, ou Psiri. Anote esses nomes, temos certeza que irá gostar.

Primeiro dia

Começaremos o primeiro dia percorrendo a Acrópole, a zona mais famosa de Atenas.

Sempre sugerimos subir desde Plaka caminhando por Anafiotika

Para aproveitar bem, o melhor é tentar chegar no alto da atração no início da manhã, assim você também evitará muita aglomeração de turistas, dado que o local costuma ser bem concorrido.

Depois de percorrer a Acrópole (não perca o Partenon, o Propileu, o Erecteion e o Templo de Ateneia Niké), você terá que descer pelo lado sul para visitar o Teatro de Dionísio, edificado no século VI a.C e com capacidade para 17.000 espectadores. Imperdível!!!

Rodeando a colina da Acrópole, você passará ao lado do Odeão de Herodes Ático e chegará até Thiseio, a praça que determina um dos extremos da rua Adrianou. Pegando essa rua, você chegará na Ágora Antiga, a segunda visita mais importante da Grécia Clássica. As partes mais importantes da Ágora Antiga são o Templo de Hefesto e a Stoa de Átalo.

Depois de passar pela Biblioteca de Adriano, a poucos metros em direção sul está a Ágora Romana e a Torre dos Ventos. Essa torre servia como relógio solar e hidráulico. Está perfeitamente conservada por ter sido utilizada como capela no século VI.

Depois dessa caminhada, você com certeza já vai ter fome. Monastiraki e Plaka são as melhores zonas para provar algo típico ou para comer algo rápido.

Com as energias recarregadas,  sugerimos visitar  o Museu da Acrópole, o museu mais famoso de Atenas.

Depois de visitar o museu desfrute a cidade, sem se preocupar com atrações específicas. A melhor opção é pegar a rua Ermou desde Monastiraki (voltando pela rua Adrianou) até chegar na Praça Sintagma. Se perder pela cidade, visitando tudo que achar interessante é uma experiência inesquecível. Não esqueça de tirar muitas fotos!

De Sintagma saem as ruas Stadiou e Panepistimiou, duas importantes ruas comerciais. Entre elas está a rua Voukourestiou. Essa rua tem algumas das lojas mais luxuosas da cidade e sobe até Kolonaki, o bairro mais glamoroso de Atenas.

Depois de passear despretenciosamente sugerimos uma caminhada  até a Colina Licabeto, que oferece as melhores paisagens de Atenas. Você pode subir caminhando ou com o funicular, de dia ou de noite, qualquer hora é ideal.

Para finalizar o dia, você pode voltar a percorrer Kolonaki ou ir a Plaka e Monastiraki para jantar.

Segundo dia

Para começar o dia, organize-se para assistir a troca da guarda no Parlamento Grego, ao lado da Praça Sintagma. Apesar de acontecer todos os dias da semana a cada hora em ponto, aos domingos às 11 da manhã é um dia e horário especial. Se já teve a experiência, deixe o seu comentário, logo abaixo.

Terminando a atração, pegaremos Panepistimiou até chegar na Praça Omonia. Nessa rua, você contemplatá a Biblioteca Nacional e outros edifícios muito bonitos.

Subindo pelo Patision, você chegará ao Museu Arqueológico Nacional, o segundo museu mais importante de Atenas. A visita é imprescindível, mesmo para aqueles que não gostam muito de museus.

Depois do momento de cultura, você terá que pegar o metrô ou um táxi (ou ter vontade de caminhar.) e seguir até o Templo de Zeus Olímpico, situado ao lado da estação de metrô Acrópole.

Depois da visita, siga por Leoforos Vasilissis Olgas até chegar ao Estádio Panatenaico, o lugar onde aconteceram os primeiros Jogos Olímpicos Modernos.

Saindo do estádio, você pode entrar no Jardim Nacional, um lugar ideal para descansar.

Se o seu voo sai à tarde, provavelmente você não terá muito tempo para nada, o melhor é comer pela zona e tomar algo na praça.

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

O que fazer no Porto? Conheça melhor Portugal com dicas de um nativo da cidade!

Desde que os romanos construíram um forte, na foz do Douro, o Porto prosperou com o comércio. Hoje é a segunda cidade de Portugal e um próspero centro industrial.

O centro comercial da cidade e o bairro da Baixa (“mais baixo”) atraem compradores de moda. Também na Baixa fica o colorido mercado do Bolhão. A maioria dos pontos turísticos, entretanto, encontram-se nos bairros ribeirinhos mais antigos.

 

 

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis no país. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

Bem acima do rio, na colina da Penaventosa, ergue-se a catedral do Porto, ou Sé, originalmente uma igreja fortaleza. Uma característica notável do século XIII é a rosácea, enquanto o nível superior do belo claustro do século XIV oferece vistas esplêndidas.

Perto estão a Igreja renascentista de Santa Clara e a Estação de São Bento, concluída em 1916, decorada com espectaculares painéis de azulejos.

Abaixo da Sé está o bairro do Barredo na encosta, aparentemente inalterado desde os dias medievais. Desce até ao bairro ribeirinho, a Ribeira, com as suas casas decoradas com fachadas de azulejos ou pastel. O bairro está sendo restaurado, atraindo restaurantes e clubes.

As atrações próximas ao rio incluem o Palácio da Bolsa, a bolsa de valores da cidade, construído em 1842. Seu destaque é a Sala Árabe decorada no estilo da Alhambra. Perto está a igreja de São Francisco do século 14. Seu interior é ricamente revestido de madeira entalhada e dourada. No distrito da Cordoaria, a oeste da Sé, ergue-se a Igreja dos Clérigos, do século XVIII. A torre da igreja, a 75 m, oferece uma vista soberba.

Situada no encantador parque de Serralves, a Fundação de Serralves dedica-se à arte contemporânea. Apresenta exposições temporárias na Casa de Serralves Art Déco, e a sua coleção de arte, dos anos 1960 aos nossos dias, no Museu Modernista de Arte Contemporânea, da autoria de Alvaro Siza Vieira.

 

 

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Dicas de um nativo: atrações imperdíveis na cidade:

1. Baixa/Centro histórico
2. Torre dos Clérigos, uma torre do século 18 com vista panorâmica da cidade, emblema da cidade. 
3. Palácio da Bolsa 
4. Igreja de São Francisco 
5. Sé do Porto 
6. Avenida dos Aliados que vos leva do emblemático hotel intercontinental até a Câmara Municipal. Não percam também, do lado do hotel a famosa estação de São Bento. 
7. Palácio do Freixo ( Pousada de grande luxo )…Agora é uma pousada então podem almoçar aqui vão adorar. 
8. Casa Taite – Sentem-se a beber um vinho do porto aqui! Um bom lugar para descansarem um pouco…
9. Galerias de Paris e ruas afins 
10. Tomar um café no Café Majestic é obrigatório.
11. Padaria Ribeiro – melhores salgados e pasteis de nata da cidade
12. Livraria Lello ( perto dos Clérigos ) 
13. Visitar as ruas da Ribeira ( zona antiga da cidade)
14. Mercado do Bolhão – muito tradicional
 

Restaurantes: 

1. Cais das Pedras  na  Ribeira
2. Casa do Pasto Adega do Ribatejo 
3. Restaurante DOP (cozinha de autor) 
4. Casa d’Oro – Marginal junto ao rio Douro (Restaurante Italiano, preço médio);
5. Fernando (em Matosinhos) – ótimo marisco – média de 50 Euros, mas consegues mais barato;
6. Em Matosinhos tem um monte de restaurantes (Trás d’orelha, Godinho, Tito), que têm ótimo peixe e mariscos;
7. Cafeína (Foz) – comida mto boa, mas caro.
8. Oporto restaurante tradicional inglês.
9. Cufra (Boavista) – para a tradicional Francesinha;
10. Na Baixa tem um monte deles. Na verdade a baixa (junto aos Leões, Rua Galeria de Paris, e paralelas é neste momento a zona “in” do Porto. Muitos bares, restaurantes, baladas, muita gente na rua; é muito animado).
 

Ribeira/Miragaia 

1. Passagem também obrigatória pelo bairro de Ribeira. Se quiserem façam a viagem de barco pelo Rio Douro passando pelas várias pontes! Dá uma perspectiva linda da cidade. Penso também tem um passeio de trem ate ao Douro, deves encontrar isso no google.
2. Sentem-se a tomar uma cerveja e comer tremoços na Praça do Cubo. Podem desfrutar da vista para o Rio Douro e Caves do vinho do Porto. Ou beber  vinho aqui também no Wine Quay Bar! 
 

Gaia 

1. Visitar as caves de vinho do Porto (Callem, Sandman, Ferreirinha, qualquer uma delas é ótima). 
2. Teleférico 
3. Restaurante Ar de Rio 
 

Foz do Douro 

 
1. Avenida Brasil e a praia da Foz – muitos turistas ficam pela zona histórica da cidade mas eu aconselho passarem também por aqui. O Rio Douro desagua aqui, então podem desfrutar agora da paisagem do mar. Aqui perto, têm o restaurante Casa Pasto das Palmeiras que serve tapas típicas portuguesas, ainda com vista para o Rio. Andem um pouco pela marginal e vão encontrar muitos cafés bem bonitos ao longo da avenida onde podem ir tomar café a seguir ao almoço – aconselho Praia dos ingleses ou Café Praia da Luz. 
2. Museus de Serralves e Soares dos Reis onde fica o Museu de Arte Contemporânea e Clássico respectivamente. Casas lindíssimas conhecidas pelos jardins. 
3. Parque da cidade – Ótimo lugar para ir correr.

 

Se tiver alguma sugestão de ajuste neste conteúdo, deixe um comentário abaixo. Se curtir, não esqueça de compartilhar com os amigos. Boa viagem!!! 🙂

Lembrando que a cidade do Porto fica muito próxima de Santiago de Compostela na Espanha. Muitas peregrinos que fazem o trajeto do Caminho de Santiago voam para a cidade do Porto, onde iniciam sua jornada. Você pode conferir algumas atrações da cidade espanhola aqui.

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

O que fazer na Dinamarca? Copenhagen e Helsingor!

A Dinamarca é um dos países mais modernos da Europa. Copenhagen é o centro das atividades com uma animada vida noturna, palácios e castelos.

Se você já viajou para a Dinamarca, entenderá quando eu tocar imediatamente no assunto dos bares. Os dinamarqueses gostam de “tomar várias” quando o tempo permite. O tempo parece permitir muito e algumas cervejas muitas vezes se transformam em muitas. Por isso, sair para uma noite na cidade com dinamarqueses amigáveis pode ser uma aventura, especialmente no verão.

Devido à sua localização muito ao norte, não escurece na Dinamarca antes das onze da noite, durante o verão. Isso pode ser difícil de ajustar, principalmente quando você olha para o relógio e percebe que são quatro da manhã. E o sol está nascendo!

Nesse artigo vamos comentar sobre 2 cidades imperdíveis, neste país encantador!

 

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis no país. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

Copenhagen

Copenhagen é uma daquelas cidades que é grande, mas parece pequena. Eu acho que essa vibração vem do fato de que há muitas áreas apenas para caminhadas. Mesmo no centro da cidade, as ruas são dispostas como as de um bairro. Isso dá até mesmo ao maior restaurante ou bar na maior rua uma sensação de taberna local.

Se você gosta de palácios e castelos, a Dinamarca tem muito a oferecer. O palácio de Amalienborg (que lembra um pouco as construções de Salzburg) e a área vizinha ao redor são exemplos definitivos disso durante o período de construção de palácios na Europa. Uma rápida viagem de minivan para fora da cidade o levará aos castelos de Kronborg e Frederiksborg. No que diz respeito aos castelos, eu uso a classificação de um a cinco bolos e dou a cada um desses três bolos. A avaliação do bolo, é claro, vem da rainha francesa, que sugeriu que os pobres recebessem bolo para impedir as reclamações de fome.

 

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Helsingor

Helsingor é uma cidade provinciana que representa a verdadeira Dinamarca, ou foi o que me disseram. Surpreendentemente, muitos dinamarqueses pareciam considerar Copenhague uma grande cidade, mas não realmente representativa da verdadeira Dinamarca. Com o desejo justo de buscar a verdade, visitei e fiquei em Helsingor por três dias. Na verdade, a cidade tinha um ar mais autêntico.

Helsingor está cheia de suecos. Quando digo “cheia”, quero dizer no sentido literal da palavra.

A Dinamarca tem leis liberais em relação ao consumo de álcool, enquanto a Suécia é extremamente repressiva. Como os países são extremamente próximos uns dos outros, os suecos aparecem para alguns dias de diversão ao sol.

De modo geral, aproveitei minha estada em Helsingor e dei-lhe minha maior “classificação de eu moraria aqui”. Por classificação de eu moraria aqui, quero dizer que gostei tanto que tentei encontrar uma forma de passar uns tempos por essas bandas.

Se tiver alguma sugestão de ajuste neste conteúdo, deixe um comentário abaixo. Se curtir, não esqueça de compartilhar com os amigos. Boa viagem!!! 🙂

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

Dicas sobre Gorjetas em Paris…

Sentar-se no terraço de um café na calçada de Paris e bebericar uma Perrier enquanto observa o movimento da rua é um prazer que muitos viajantes prometem experimentar quando estiverem em Paris. Mas quando a conta chega vem a pergunta: dar gorjeta ou não dar?

Ao contrário do que acontece nos Estados Unidos, cafés e restaurantes em Paris incluem diretamente uma taxa de serviço de 15% nas contas. Isso é exigido pela lei francesa, pois as gorjetas são avaliadas para fins tributários.

A taxa de serviço de 15% estará claramente discriminada, além do imposto VAT (uma versão francesa do imposto sobre vendas). As palavras ëService compris (Gorjeta incluída) indicam que a gorjeta já foi incluída no total a ser pago.

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis no país. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

A boa notícia é que os preços nos menus incluem tudo: eles incluem a gorjeta de 15% e o imposto sobre vendas. Não há surpresa de última hora quando você recebe sua conta. O que você viu no menu é o que você paga, sem extras ocultos.

Então, sem dicas extras?

Bem, uma pequena gorjeta extra é sempre apreciada, é claro. É a marca de que você ficou satisfeito com a forma como foi servido pelo garçom (‘em francês, pronunciado’ Gar-son ‘com o’on’). É uma espécie de nota de ‘Obrigado’. Mas você não tem nenhuma obrigação de fazê-lo.

Pequenas gorjetas extras também são apreciadas porque vão diretamente para os bolsos do garçom, ao contrário dos 15% de gorjeta que geralmente é contabilizada no final do dia e dividida entre todos os garçons. Em alguns bares, o dono pode até ficar com a totalidade ou parte da cobrança da gorjeta. A lei francesa não exige que as taxas de serviço sejam distribuídas aos empregados. Portanto, seu garçom pode nem mesmo ver um centavo.

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Qual deve ser a gorjeta extra?

As gorjetas extras podem variar de apenas alguns centavos de euro para um café ou refrigerante, a 1-5 euros para um almoço ou jantar. Um bom “obrigado” é de 5 a 10% do cheque total. Mas, mais uma vez, não há obrigação e nenhuma regra constante no que diz respeito à porcentagem.

Taxi, Ópera e Cinema

O motorista médio empregado por uma empresa de táxi ganha cerca de US$ 2.500 na cidade de Paris. Isso significa 10 horas de trabalho árduo por dia. Há alguns anos, os motoristas de táxi trabalhavam de 14 a 15 horas por dia, 6 dias por semana para aumentar seus salários. A lei francesa agora o proíbe. Então, uma gorjeta de 5 a 10% de sua tarifa é um gesto generoso.

Na ópera, costuma-se dar gorjeta ao lanterninha: alguns euros são suficientes pois eles também recebem pela venda de passeios noturnos. Dê 50 centavos de euro aos lanterninhas do cinema. Houve um tempo, não muito tempo atrás, em que os lanterninhas nos cinemas nem eram pagos pelos operadores de teatro. Eles viviam apenas de gorjetas. Isso não é mais o caso hoje e eles recebem um salário, mas geralmente não mais do que o salário mínimo.

Um euro por mala para o porteiro do hotel deve fazê-lo sorrir.

Se tiver alguma sugestão de ajuste neste conteúdo, deixe um comentário abaixo. Se curtir, não esqueça de compartilhar com os amigos. Boa viagem!!! 🙂

Em alguns restaurantes caros, em salas de concertos clássicos ou em discotecas, há senhoras no saguão que geralmente cuidam de seus casacos. É habitual dar uma gorjeta de 1 euro por cada item grande quando você volta para pegar seus pertences.

Se você fizer uma visita guiada ao museu, poderá deixar 1 ou 2 euros para o seu guia para agradecê-lo por transmitir seus conhecimentos a você.

Resumindo

Estas são as diretrizes baseadas no costume e na experiência. No entanto, eles não são seguidos estritamente. Esses conselhos também se aplicam a outras partes da França, onde suas dicas serão consideradas um sinal de generosidade de sua parte, já que o padrão de vida não é tão alto quanto em Paris.

A gorjeta é isso mesmo: uma demonstração de generosidade e uma forma de expressar satisfação pelo serviço que acaba de lhe ser prestado.

Se as informações desse artigo foram úteis, não precisa dar gorjeta, mas você pode compartilhá-la com seus amigos e ajudar a Turistando a ter um alcance ainda maior. 👊😉

 

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

Budapeste é uma cidade rica em cultura e história. Aproveite os castelos, catedrais, museus e banhos turcos.

A recente adesão da Hungria à UE tornou as viagens de e para o país mais simples e mais atraentes para os viajantes de outros países. A indústria do turismo está crescendo na Hungria e sua capital, Budapeste, estabeleceu uma posição firme na lista de locais de férias imperdíveis.

Mas à medida que a cidade atrai mais e mais turistas e desafia Barcelona e Praga no primeiro lugar em destinos de férias, olhando para fora da própria cidade, pode revelar-se um outro lado da Hungria como destino.

Neste artigo listamos algumas atrações imperdíveis para quem está planejando visitar a cidade….

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis no país. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

Budapeste é uma cidade rica em cultura e história, uma cidade de castelos, catedrais, museus e banhos turcos. Embora tenha muitas atrações, Budapeste é uma nação que abriga nada menos que 8 locais reconhecidos como Patrimônio Mundial da UNESCO.

 

Pecs, a cerca de 213 km de Budapeste, é uma impressionante necrópole cristã fundada pelos romanos no século 2 dC. O primeiro rei húngaro, Santo Estêvão, fundou um episcopado em Pecs em 1009 e os monumentos arquitetônicos de 150 anos de domínio turco ainda são evidentes, oferecendo ao visitante uma interessante mistura de leste e oeste.

Mais perto de Budapeste e da Abadia Beneditina Milenarista de Pannonhalma, está um tesouro turístico impressionante, mas relativamente desconhecido. A abadia, construída na província romana da Panônia, data da própria formação da Hungria como nação. A abadia foi construída e destruída várias vezes em sua história, mas a fundação do mosteiro originalmente construído por monges tchecos e italianos e, mais recentemente, reformado em um estilo barroco único é verdadeiramente impressionante.

 

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Viajar para fora de Budapeste pode ser relativamente fácil com uma variedade de excursões organizadas que visitam muitas das atrações da Hungria e a rede ferroviária do país é relativamente barata e confiável. Para os viajantes mais aventureiros ou independentes, o aluguel de automóveis está disponível com muitas das principais empresas que oferecem aluguel de automóveis ou em vários aeroportos em todo o país.

A Hungria é uma adição bem-vinda ao circuito europeu de destinos turísticos e os méritos de Budapeste são óbvios e abundantes. O país em si é um destino fascinante de contrastes, história e cultura e pode valer a pena explorar.

 

Se tiver alguma sugestão de ajuste neste conteúdo, deixe um comentário abaixo. Se curtir, não esqueça de compartilhar com os amigos. Boa viagem!!! 🙂

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

11 passeios imperdíveis em Praga, na República Tcheca! O que fazer em 1 ou 2 dias

Capital da República Tcheca e Patrimônio Mundial da UNESCO, Praga é uma cidade mágica e uma das preferidas dos visitantes da Europa Oriental. Passeie pelos terrenos do imponente Castelo de Praga, desfrute do entretenimento na Ponte Carlos e aprecie as vistas deslumbrantes da Torre Petrin neste destino encantador.

Neste artigo listamos 11 atrações imperdíveis para quem está planejando visitar a cidade….

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis na República Tcheca. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

Praga, uma cidade que mistura arte, antiguidade, movimento e beleza!

O que fazer e ver em Praga e nos arredores

Castelo de praga

Antiga residência dos príncipes e reis da Boêmia e agora a residência do presidente, o Castelo de Praga é uma parte intrínseca de Praga e um lugar maravilhoso para explorar, com suas joias da coroa, a Catedral de São Vito e a troca de guardas nos portões do castelo. Todos os fãs da literatura também terão interesse em visitar a Golden Lane nos jardins do castelo onde Franz Kafka viveu.

Ponte Carlos

A Ponte Carlos é uma colmeia de atividade dia e noite e é uma parte importante desta cidade vibrante, até porque é a principal via que liga a Cidade Velha a Mala Strana no lado oposto do rio. Com estantes de souvenirs e artistas e músicos talentosos, esta ponte do século 13 sempre é um passeio divertido.

Relógio Astronômico

O Relógio Astronômico de Praga pode ser encontrado ao lado da Antiga Câmara Municipal. Datado do século 15, este relógio magnífico é fácil de encontrar, pois normalmente uma multidão se reúne na frente dele a cada hora em tempo para a procissão dos Doze Apóstolos, durante a qual um pequeno alçapão se abre e Cristo mostra o caminho à frente de seus discípulos.

Josefov – gueto de Praga

O bairro judeu de Praga é o lar de alguns dos edifícios mais coloridos e maravilhosos da cidade, como a brilhante Sinagoga do Jubileu e a Sinagoga Antiga-Nova de estilo gótico que data do século XIII. É também o lar do novo cemitério judeu onde Franz Kafka foi enterrado.

Torre da Pólvora

Datada de 1475, a Torre da Pólvora é a entrada gótica da Cidade Velha. Outrora um depósito de pólvora (daí o nome), a Torre atualmente serve como um museu com exposições sobre a vida na Praga medieval, a história da cidade e a própria história da torre.

Igreja de São Nicolau

Esta igreja barroca data de 1735 e fica no local de uma igreja anterior. Com sua fachada em branco puro, este belo edifício é um trunfo admirável para a Praça da Cidade Velha e tem um interior igualmente deslumbrante com afrescos deslumbrantes. Não é de admirar que concertos de música clássica sejam realizados neste cenário majestoso ao longo do ano.

 

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Outras opções de passeios…

Teatro Estates

Inaugurado oficialmente em 1783, este maravilhoso teatro exala elegância e beleza por dentro e por fora e é famoso como o cenário da estreia do Don Giovanni de Mozart. Anteriormente propriedade privada, o teatro foi trazido pelos estados tchecos em 1798, daí o nome.

Praça Venceslau

Anteriormente o principal mercado de cavalos de Praga, a Praça Venceslau agora serve como a principal rua comercial com o título não oficial de local de desfile de Praga para momentos de celebração ou manifestação nacional (como no tempo de levantes anticomunistas). A praça é presidida por uma estátua de São Venceslau montado em seu cavalo, o herói nacional de Praga e o Bom Rei Venceslau da fama dos cânticos de Natal.

Museu Kampa

O Museu Kampa de Praga abriga a coleção de arte dos colecionadores Meda e Jan Ml · dek. O museu, um moinho no coração da cidade, exibe Arte Moderna da Europa Central, incluindo esculturas de Otto Gutfreund e pinturas de Frantiöek Kupka.

Petrin View Tower

Construída em 1891 para a Exposição do Jubileu, a Petrin View Tower é uma versão menor da Torre Eiffel e tem 60 m de altura e 299 degraus que levam até a plataforma superior. A torre foi reaberta em 2002 após um período de reconstrução, vá até o topo da Petrin View Tower para uma vista deslumbrante de Praga.

Praça da Cidade Velha

Esta praça histórica é um destino turístico popular com pontos turísticos como o Relógio astronômico e também serve como um ponto de encontro popular. É também o local do Mercado de Natal anual de Praga. No centro da praça está o Memorial Jan Hus erguido em 1915 para marcar 500 anos desde sua morte por queimadura devido às suas crenças religiosas.

Se tiver alguma sugestão de ajuste neste conteúdo, deixe um comentário abaixo. Se curtir, não esqueça de compartilhar com os amigos. Boa viagem!!! 🙂

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...

10 passeios imperdíveis em Bruges, na Bélgica! O que fazer em 1 ou 2 dias

Estivemos em Brugges e ficamos encantados com essa cidadezinha super charmosa da Bélgica. Estávamos em Paris e alugamos um carro para conhecê-la. É uma viagem de aproximadamente 2:30h, mas que valeu muito à pena. Neste artigo listamos 10 atrações imperdíveis para quem está planejando uma visita à região…

Alojamento: Estadias de luxo a econômicas
A Internet pode oferecer algumas das melhores informações sobre o custo, alcance e localização dos hotéis na Alemanha. Abaixo você pode pesquisar hotéis neste país encantador.

Booking.com

Brugges, uma cidade encantadora!

Um espetáculo atemporal, Bruges é uma cidade encantadora cheia de sabor medieval. Seus tesouros arquitetônicos atraem muitos visitantes todos os anos, revelando uma cidade com uma rica história. Seus canais e ruas estreitas de paralelepípedos prendem sua imaginação, estimulando você a explorar cada beco dessa cidadezinha. Abaixo listamos 10 opções de passeios…

1. Markt Square: 

Veja o mundo passar em um dos muitos cafés e restaurantes da Praça Markt. Uma área aberta vibrante, perfeita para apreciar o vai e vem da cidade enquanto toma-se com um café com as famosas trufas de chocolate da cidade.

2. Basílica do Santo Sangue

Ao voltar das Cruzadas, o conde de Flandres voltou com o que se acreditava ser o sangue de Cristo. Uma relíquia esta capela do século 12.

3. Museu Groeningen

Bruges é abençoada com muitos museus de belas artes, em particular o Groeningen, com pinturas belgas e holandesas, incluindo as obras de Jan Van Eyck e Hieronymous Bosch.

4. Igreja de Nossa Senhora

Considerada a única escultura que deixou a Itália em sua vida, a Madonna de Michelangelo é uma bela figura de mármore trazida para Bruges em 1506 e hospedada desde então na Igreja de Nossa Senhora.

5. Museu Memling

Originalmente construído como um hospital medieval, o Museu Memling oferece uma visão fascinante da história antiga de Bruges. Hoje, o museu faz parte do complexo do Hospital São João.

 

Claro que para tudo o que precisar, reserva de bilhetes, reserva de hotel, restaurante, ou simplesmente para localizar tudo isto num mapa, use e abuse da sua internet. Aqui no site você pode comprar o seu CHIP e viajar tranquilo. 

Outras opções de passeios…

6. Zand Feasts

Julho, agosto e setembro são os anfitriões desses mercados de pulgas sempre populares. Multidões se aglomeram para ver as peças de artes, o artesanato e os souvenirs oferecidos nestas barraquinhas (fotos a seguir).

7. The Belfry

Um dos grandes marcos da cidade, a torre Belfry de 83 metros de altura domina a praça principal da cidade. Datada de 1240, a torre original foi destruída por um incêndio e posteriormente reconstruída. Suba os 366 degraus para ter uma vista magnífica da cidade.

8. Os canais

Às vezes referida como “A Veneza do Norte”, Bruges é uma miríade de redes de canais. Originalmente uma importante rota de comércio, hoje os canais são usados exclusivamente para o turismo e são uma ótima maneira de ver a cidade de uma perspectiva diferente.

9. Minnewater

Conhecido localmente como “O Lago do Amor”, este lago encantador fica na entrada da cidade. Cisnes elegantes adornam o lago, que oferece vistas panorâmicas impressionantes da cidade. Durante o verão, concertos pop acontecem neste parque, atraindo gente de todas as idades.

10. O Beguinage

Se as ruas movimentadas e superlotadas do centro da cidade se tornarem excessivas, a tranquilidade pode ser sua no jardim do Beguinage, um mosteiro para as Irmãs Beneditinas que ainda vivem lá.

Se tiver alguma sugestão de ajuste neste conteúdo, deixe um comentário abaixo. Se curtir, não esqueça de compartilhar com os amigos. Boa viagem!!! 🙂

Faça uma estimativa dos custos da sua viagem agora mesmo, nos links abaixo.

Leia também...